Enfrentando Inimigos Internos

junho 26th, 2013 by J Menezes

Nós não nascemos com coragem, mas também não nascemos com medo. Talvez alguns de nossos medos sejam provocados por nossas próprias experiências, porque alguém lhe disse, porque você leu nos jornais. Alguns medos são válidos, como andar sozinho em uma parte ruim da cidade às duas horas da manhã. Mas uma vez que você aprenda a evitar essa situação, você não precisa viver com medo disso.
Medos, mesmo os mais básicos, podem destruir totalmente nossas ambições. O medo pode destruir fortunas. O medo pode destruir relacionamentos. Medo, se não for controlado, pode destruir nossas vidas. O medo é um dos muitos inimigos escondidos dentro de nós.
Deixe-me dizer-lhe sobre outros cinco inimigos internos que enfrentamos. O primeiro inimigo que você tem que destruir antes que ele destrua você é a indiferença. Que doença trágica ela é. “Hum-hum, deixe-o deslizar. Vou à deriva”. Aqui está um problema com a deriva: você não pode desviar seu caminho para o topo da montanha.


O segundo inimigo que enfrentamos é a indecisão. A indecisão é o ladrão da oportunidade e da empresa. Ele vai roubar suas chances de um futuro melhor. Dê um golpe neste inimigo.
O terceiro inimigo interior é a dúvida. Claro, há espaço para o ceticismo saudável. Você não pode acreditar em tudo. Mas você também não pode deixar a dúvida assumir. Muitas pessoas duvidam do passado, duvidam do futuro, duvidam uns dos outros, duvidam do governo, duvidam das possibilidades e duvidam das oportunidades. Pior de tudo, eles duvidam de si mesmas. Eu estou lhe dizendo, a dúvida vai destruir sua vida e suas chances de sucesso. Vai esvaziar tanto sua conta bancária quanto seu coração. A dúvida é um inimigo. Vá atrás dela. Livrar-se dela.
O quarto inimigo interno é a preocupação. Todos nós temos algumas preocupações. Só não deixe que ela lhe conquiste. Em vez disso, deixe que ela seja um alarme. A preocupação pode ser útil. Se você pisa fora da calçada em Nova York e um táxi está passando, você tem que se preocupar. Mas você não pode deixar sua preocupação solta como um cachorro louco que leva você para um cantinho. Aqui está o que você deve fazer com suas preocupações: leve-as para um cantinho. Tudo o que estiver atrás de você, você tem ir atrás primeiro. Tudo o que estiver empurrando você, você tem que empurrar de volta.
O quinto inimigo interior é o excesso de cautela. É a abordagem tímida à vida. Timidez não é uma virtude, é uma doença. Se você deixá-la solta, ela vai conquistar você. Pessoas tímidas não são promovidas. Eles não avançam, crescem e tornam-se poderosas no mercado. Você tem que evitar o excesso de cautela.
Batalhe com os inimigos. Batalhe com seus medos. Construa sua coragem para lutar contra o que está prendendo você, o que está impedindo você de seus objetivos e sonhos. Seja corajoso em sua vida e em sua busca das coisas que você quer e a pessoa que você quer se tornar….

Texto Traduzido por Emilio Mansur

Comentários

Comentar

;
;