Vinte segundos de coragem

junho 21st, 2013 by J Menezes

A coragem é muito valorizada.

Pelo menos, superestimada.
Você não tem que viver corajosamente.
Na verdade, você pode ser um covarde 99.9305556% do tempo (para ser exato).
Você só precisa ser corajoso por 20 segundos de cada vez.
Esses 20 segundos são quando…

…Você pega o telefone para ligar para aquele grande prospecto.
…Você vê o seu cliente dos sonhos entrar na reunião.
…Você anda até uma roda de estranhos e se apresenta.
…Você se prontifica a subir no palco.
…Você considera saltar numa água bem gelada.
…Você está discutindo com sua esposa e escolhe ceder.
…Você é menosprezado e decide deixar pra lá e perdoar.
…Você sabe que precisa ter uma conversa difícil com um amigo.
…Você sabe que é hora de deixar alguém ir.
…Você precisa dizer “não”, mesmo que isso o torne impopular.
…Você se prepara para saltar de um avião.
Cada um desses momentos de definição requer apenas 20 segundos de coragem real, no máximo.
Uma vez que esses 20 segundos passem, é mais fácil a partir de então.
“Coragem não é simplesmente uma das virtudes, mas a forma de todas as virtudes em seu ponto de vista” – CS Lewis.
O medo é uma ilusão.
Uma ilusão só pode existir na ausência de realidade.
Uma vez que a realidade assume, dissipa a ilusão.
O medo vem principalmente na expectativa de uma experiência, não na experiência em si.
Vamos pegar como exemplo “saltar de um avião”.
Seymour Epstein, da Universidade de Massachusetts em Amherst, realizou um estudo em que os saltadores novatos foram equipados com monitores de frequência cardíaca que mediam seus pulsos de quando o avião subia até o seu ponto de lançamento. Ele descobriu que os batimentos cardíacos dos saltadores ficavam cada vez mais rápidos, até pouco antes deles pularam. Mas uma vez que eles estavam fora do avião, seus batimentos cardíacos diminuíam drasticamente.
A parte mais estressante de toda a experiência foi a ilusão, ou antecipação, do evento. Uma vez que a realidade do evento (queda livre) assumiu, o medo desapareceu.
Então, o que fazer quando você bate no muro do medo?
Você pode fazer isso: você desliga seu cérebro, fecha os olhos, segura a respiração (se precisar) e faz o que todos os corpúsculos de seu corpo insistem que você não faça – corre pra cima dele! Você vai romper o muro do medo, em menos de 20 segundos.
E se você fizer algo que você teme, três vezes por dia, todos os dias?
Imagine como isso iria multiplicar o seu sucesso, estilo de vida e destaque no mercado.
Pense nos avanços que você pode criar.
Você ainda pode ser um covarde 99.9305556% do tempo – um covarde realmente rico e bem sucedido!
A matemática: 20 segundos de coragem X 3 vezes ao dia = 60 segundos. 60 segundo dividido por 86.400 segundo em um dia = 99.9305556%.
(Traduzido por Emilio Mansur)

Comentários

Comentar

;
;