Como se Recompensar sem Arruinar sua Dieta

junho 5th, 2013 by J Menezes

Uma indulgência ocasional não é realmente uma trapaça, especialmente se você planejou isso.

Trapacear, em um teste, impostos ou com seu cônjuge, é completamente errado. E as chances são de que, mesmo se você estivesse só considerando a trapaça, você não pediria permissão ao seu cônjuge, professor ou contador. Então, por que as pessoas estão sempre perguntando se tem problema trapacear em uma dieta? Será que se sentem bem sendo maus? Querem colocar a culpa nos meus ombros e com isso não afetaria seu programa de emagrecimento? Ou estão dizendo: não consigo ser disciplinado comigo mesmo 100% do meu tempo, preciso de uma pausa.”

Deixe-me começar dizendo que, pelo menos no que diz respeito a deitas, eu não gosto de usar a palavra trapaça. E aqui está o porque: a maioria de nós não trapaceia porque sabemos que é errado. Então, se nós trapaceamos de verdade, nos sentimos mal. Seguindo a mesma lógica, se você trapaceia na sua dieta, deve estar errado e você vai se sentir mal por ter feito isso. Então vamos dispensar essa palavra logo de início.

 

Trapaça ou indulgência?

Como trapaça soa muito negativo, vamos chamar de algo mais positivo, eu gosto da palavra indulgência. Não há nada de errado em se dar uma indulgência de vez em quando, especialmente se você economizou algumas calorias antecipadamente. Se você vem economizando calorias durante toda a semana para que possa aproveitar o fim de semana, isso é trapaça? Parece mais com planejamento para mim.

 

Por que você acha que precisa trapacear?

Antes de começar a planejar, você deve querer pensar sobre porque você sente necessidade de trapacear em primeiro lugar. Você está sendo muito rigoroso com sua alimentação e se restringindo muito? Suas refeições regulares não estão prazerosas? Trapacear e ser mal são suas recompensas por sem bom toda a semana? Você precisa chegar a raiz do problema.

Tentar aderir a uma dieta ultra restritiva é provavelmente um dos mais comuns gatilhos para trapacear. Talvez você consiga seguir a risca durante a semana e acha que merece um pouco de liberdade no fim de semana.

Mas se você está comendo além da conta no fim de semana porque “merece”, isso não só está anulando o efeito da dieta semanal, como você está recompensando bom comportamento com ingestão de muitas caloiras. Com o tempo, você irá associar sua alimentação saudável com penalidade e suas indulgências com recompensas, o que não irá gerar bons hábitos a longo prazo. O outro problema é que se você ainda não descobriu a quantidade de calorias extra que pode comer no fim de semana, é muito fácil dizer a você que foi muito bom durante a semana e não vai conseguir reverter isso no fim de semana. Confie em mim. Você consegue.

 

Planejando seu prazer

Então existe uma linha tênue para fazer isso funcionar e tudo depende de um planejamento adequado que envolve economizar certas calorias e gasta-las com sabedoria.

Eu estou mais inclinada a alertar as pessoas a limitar suas indulgencias a uma refeição ao invés de tirar o dia todo de folga. Existe uma grande diferença entre comer algo especial que não está em sua refeição usual e tirar o dia todo de folga para comer o que quiser. Para algumas pessoas, um dia todo sem restrições dietéticas pode ser como um trem sem freios e causar muitos danos.

Mas, planejar com antecedência é muito mais fácil de controlar. Primeiro, considere sua ingestão calórica durante toda a semana, então, determine quantas calorias você pode separar a cada dia para acumular o que você vai querer comer na refeição livre. Isso ajuda também a ser especifico quando planejar quando, onde e como você está ingerindo suas calorias. Dizer a si mesmo, ” fui bom durante toda a semana e mereço um jantar com muita carne” pode não funcionar tão bem como “economizei 400 calorias nessa semana porque vou para o restaurante Rosie’s no sábado a noite e eles fazem a melhor torta de maçã!”

 

Indulgência não é trapaça

Se você se sente trapaceando como resultado de uma dieta muito restritiva, considere isso. Aqueles que naturalmente mantém o peso gerenciam trapaças de tempos em tempos. É parte da vida e uma habilidade para aprender. Comer perfeitamente durante todo o tempo provavelmente não é razoável. Mas se você come 3 refeições regulares por dia e tem uma refeição “trapaça” uma vez por semana, você esta sendo bom em 20 das 21 refeições. Isso significa 95% do tempo! E quando você planejar uma escapulida, pode aproveitar sem culpa. Então faça disso uma ocasião especial, coloque no prato, coma devagar, saboreie, aproveite. Você mereceu!

 

Comentários

Comentar

;
;