Cinco Principais Recomendações da Pesquisa em Nutricão

maio 13th, 2013 by J Menezes

Comer direito e fazer exercícios regularmente são dois dos componentes mais importantes para a manter uma boa saúde. Mas, você sabia que pesquisas mostram que nós podemos aumentar a nossa saúde ainda mais através de um programa adequado de suplementação nutricional? Aqui estão as minhas cinco principais recomendações nutricionais que podem fazer uma grande diferença na sua saúde:

1. Previna-se da deficiência de vitamina D.

Nenhum outro nutriente tem atraído mais atenção nos últimos anos que a vitamina D3. Muitas vezes chamada como a “vitamina do sol”, pesquisas relacionam a vitamina D3 com a saúde do coração, prevenção de câncer, saúde óssea e função metabólica apenas para listar alguns. Estudos indicam que 3/4 dos adolescentes dos EUA e adultos são deficientes em vitamina D. Enormes 70% de crianças americanas não estão recebendo quantidade suficiente de vitamina D e estes jovens tendem a ter pressão arterial mais elevada e menores níveis de bom colesterol do que seus colegas têm, de acordo com dois novos estudos publicados na revista Pediatrics. Baixos níveis de vitamina D também pode aumentar o risco de uma criança desenvolver doença cardíaca mais tarde na vida, dizem os especialistas.

Recomendação: Adultos, 2000 UI por dia e crianças, de 400 a 1.000 UI, dependendo da idade.

2. Concentre-se em sua ingestão de óleos ômega-3 saudáveis.

As gorduras e os óleos que consumimos desempenham um papel importante na determinação da nossa saúde. O ômega-3 de óleo de peixe ganhou muita atenção da comunidade científica nos últimos anos e por um bom motivo. Óleos ômega-3 (EPA e DHA) desempenham um importante papel como antioxidantes e ajudam a manter nossa saúde global do coração. Pesquisadores da Escola de Saúde Pública de Harvard, classificou o baixo consumo de ômega-3 como a 6a maior causa de morte em os EUA, responsável por cerca de 84.000 mortes evitáveis em 2005. O consumo regular de peixes saudáveis (peixes de água gelada, como o salmão) pode ajudar a aumentar a sua ingestão de ômega-3, mas um suplemento diário é a melhor garantia.

Recomendação: 900 mg de EPA e DHA por dia a partir de 1400 mg de óleo de peixe.

3. Ajude sua saúde cardíaca.

Uma dieta centrada no elevado consumo de frutas, legumes e grãos integrais é uma proteção ao coração. Nutrientes antioxidantes como CoQ10 também são importantes para a saúde global e funcionamento do coração e podem tornar-se deficientes especialmente para os 33,5 milhões de norte-americanos que estão atualmente tomando medicamento estatinas para baixar o colesterol. Drogas estatinas esgotam o corpo de CoQ10 e essa deficiência pode levar a dificuldades do funcionamento e da atividade do músculo cardíaco.

Recomendação: 100 a 400 mg de CoQ10 por dia.

4. Lute contra os radicais livres.

Todos os dias nossos corpos são expostos a toxinas do meio ambiente, o que pode levar à formação de radicais livres. Os radicais livres são moléculas reativas que danificam nossas células e levam ao envelhecimento prematuro. Nutrientes como a vitamina C, vitamina E, selênio, resveratrol e chá verde ajudam a defender nosso corpo dos efeitos nocivos dos radicais livres. Estes nutrientes são antioxidantes e pesquisas indicam que eles estão envolvidos na saúde do sistema imunológico, na saúde cardiovascular e numa função metabólica adequada. Ajudar suas células com antioxidantes de alimentos saudáveis como frutas e legumes e com suplementação de vitaminas C e E pode ter um grande impacto na redução dos danos causados pelos radicais livres.

Recomendação: 500 a 1.000 mg de vitamina C diariamente.

5. Construa uma base para a sua saúde.

Ninguém constrói uma casa sem colocar uma fundação e pesquisas já mostraram que um multivitamínico pode realmente fazer a diferença na nossa saúde. Um estudo conduzido por pesquisadores do Instituto Nacional de Saúde forneceu a primeira evidência epidemiológica de que o uso de multivitaminas por mulheres está associado com telômeros mais longos. Os telômeros são as capas protetoras nas extremidades dos cromossomos (DNA) que encurtam com o envelhecimento de uma célula. Conforme observamos como ampliar a qualidade de nossas vidas e apoiar a função ideal de nossas células e DNA, um multivitamínico é uma ótima forma de começar!

Recomendação: Multivitamínico específico para seu sexo e idade.

Prof. Dr. Louis Ignarro (Prêmio Nobel de Medicina) & Dr. Andrew Myers (Tradução: Emilio Mansur / Revisão: David Menezes)

 

Comentários

Comentar

;
;