Muito Pouca Proteína na Dieta Pode Ser Igual a Excesso de Gordura no Corpo

janeiro 11th, 2012 by J Menezes

Sobrepeso e obesidade afetam 65% da população nos EUA e o governo dos EUA gasta mais de US $ 200 bilhões por ano em doenças associadas à obesidade. Pela primeira vez na história da humanidade, há mais pessoas com excesso de peso (2,1 bilhões) no mundo do que famintas. Previsões indicam que a prevalência de obesidade em todo o mundo deve dobrar nos próximos 30 anos, com o epicentro da epidemia na China e Índia na medida em que pessoas nesses países adquirem hábitos alimentares ocidentais.

Um estudo publicado esta semana no Journal of the American Medical Association, sugere que pessoas que desejam emagrecer, mas comem pouca proteína em suas dietas, podem até perder peso, mas vão perder massa muscular e ganhar gordura corpórea.

David Heber, MD, diretor do Centro para Nutrição Humana da UCLA, em Los Angeles, diz que a maioria das pessoas deve receber cerca de 20% das calorias totais provenientes de proteínas. Atingir essa meta de 20% não exige uma dieta elevada em proteína e rica em gordura, estilo Atkins, no entanto. Ao confiar em alimentos com baixo teor de gordura/alta proteína, como carnes brancas, peixes marinhos, iogurte grego, e queijo cottage desnatado, as pessoas podem se assegurar que obtêm proteína suficiente, enquanto permanecem dentro de seu controle de calorias, diz Heber, co-autor de um editorial que acompanha o estudo.

“A proteína ajuda a controlar tanto o apetite como mantém sua massa corporal magra”, diz ele. Além de perder peso, as pessoas que estão com sobrepeso ou obesos devem consumir proteína adequada e se concentrar em melhorar a sua proporção de gordura corporal em relação a sua massa muscular magra, Heber diz. A quantidade adequada de proteínas é cada vez mais importante à medida que envelhecemos, acrescenta ele, porque as pessoas tendem a perder massa muscular à medida que envelhecem.

Para saber mais (CNN Health)

Comentários

Comentar

;
;